Alexitimia

A origem do problema pode estar em desordens afetivas do passado

Alexitimia é o nome do distúrbio que impede um indivíduo de expressar seus sentimentos. Alexitímicos têm dificuldade até mesmo para identificar sentimentos, confundindo-os, muitas vezes, com sensações corporais. Acredita-se que quem sofre deste distúrbio tenha uma dificuldade de comunicação entre os dois lados do cérebro, o que salienta o pensamento prático e dificulta os processos imaginativos.

Não é possível afirmar que os “analfabetos emocionais” não sintam as emoções, mas sim que não conseguem conectar emoção e sentimento, impedindo, assim, a geração de um sentimento consciente a partir da emoção sentida. Ao não reconhecer esse tipo de estímulo, o paciente deixa de observar e cultivar qualquer dos seus sentimentos, o que pode torná-lo alheio às relações íntimas, por exemplo.

A origem do problema pode estar em desordens afetivas do passado, sendo que muitas vezes este é apenas um sintoma de quadros psiquiátricos mais amplos, como desordem de estresse pós-traumático ou anorexia nervosa. Estima-se que 10% da população sofra de alexitimia, de modo que suas causas e tratamentos vêm sendo cada vez mais estudados.