Dotadas de pureza e sinceridade nossas crianças interiores têm o poder de nos conectar

A escultura se chama LOVE, ou Love Essay, do autor ucraniano Alexander Milov

 

A escultura se chama LOVE, ou Love Essay. Sua aparição aconteceu em 2015 no Burning Man Festival de Nevada, nos Estados Unidos, do autor ucraniano Alexander Milov. Uma das obras favoritas de todo o evento, a escultura representa duas figuras adultas feitas em armação de arame, posicionadas uma de costas para a outra, enquanto figuras infantis ‘vivas e presas’ dentro deles tentam se aproximar uma da outra. A escultura tem um efeito que, ao entardecer, a armação escura perde seu contraste com a luz e as crianças se enchem de luz.

Segundo críticos de arte contemporânea e conhecedores da obra do artista, “ele demonstra um conflito entre um homem e uma mulher, bem como a expressão externa e interna da natureza humana. Seus egos interiores são executados na forma de crianças transparentes, que estão estendendo as mãos pela grade. À medida que escurece, as crianças começam a brilhar. O brilho é um símbolo de pureza e sinceridade que une as pessoas e dá a chance de fazer as pazes quando o escuro do tempo chega.”.