Melancolia é patologia quando a falta de motivação é profunda e permanente

A melancolia patológica tem a propriedade de alterar o pensamento do indivíduo

Ao falarmos de melancolia, não é raro que se exemplifique com uma súbita falta de vontade de fazer coisas que exijam esforço físico e mental, por exemplo, numa tarde qualquer. Ficar sem fazer nada, às vezes pode ser algo bastante “produtivo”. No entanto, considera-se uma patologia quando verifica-se que essa falta de motivação se torna permanente e profunda.

A melancolia patológica tem a propriedade de alterar o pensamento do indivíduo, dificultando a sua rotina e seu desempenho social. Dessa forma, caso a sensação – semelhante à tristeza, por exemplo -, vir a se repetir por vários dias, levando o paciente a perder o interesse pela vida em sociedade e descumprir suas tarefas mais elementares, a melancolia pode expressar algum nível de depressão, bem como, necessitar de tratamento.