O desenvolvimento da depressão e formas de tratamento

Depressão é um sentimento patológico caracterizado pela tristeza permanente e falta de energia para manter a rotina. Isso acontece sem um motivo substancial que justifique tamanho desânimo. Este foi o assunto abordado pelos médicos psiquiatras Dr Abelardo Ciulla e Dr Leandro Ciulla em entrevista ao quadro Medicina e Saúde com Cristina Mazzei.

Durante a conversa, foram abordados os diferentes graus da depressão que pode ir desde uma leve tristeza até um quadro de depressão grave com sintomas psicóticos. Em todos os casos o importante é não menosprezar o sofrimento, identificando-o apenas como uma necessidade de chamar atenção. Os especialistas apontam as formas de detectar a depressão que possibilitam que pessoas próximas possam ajudar a evitar consequências graves como o suicídio, atuando na melhora da qualidade de vida do paciente.

Entre as perguntas feitas por quem assistia à transmissão ao vivo do bate-papo, foram esclarecidas questões como o surgimento da depressão em crianças e depressão em idosos, bem como as diferentes terapias aplicadas pela psiquiatria e os seus benefícios no tratamento conforme o diagnóstico individual do paciente. A depressão na bipolaridade e a importância do exercício físico. Outros tratamentos complementares que podem incluir mudanças na rotina no intuito de acelerar a melhora do quadro. A utilização de medicamentos – como o lítio – para estabilização de humor, as recaídas mesmo com o paciente sob medicação e a depressão ocasionada por excesso de medicação, também foram tópicos discutidos pelos médicos.

Veja também artigo sobre melancolia.