Oniomania: impulso pelo consumo

Quando não supre as necessidades de sua compulsão, ou seja, quando não se sente aliviado, é comum sintomas de irritação tremores e sudorese

Conhecido na psiquiatria como oniomania, o comprar compulsivo está relacionado à ansiedade, tendo como escape a vontade incontrolável de comprar, desde miudezas até artigos caros e extravagantes. Essa dificuldade em resistir à compra é manifestada pelas mesmas áreas do cérebro que levam a dependência do álcool, jogos e drogas ilícitas.

Quando não supre as necessidades de sua compulsão, ou seja, quando não se sente aliviado, é comum sintomas de irritação, tremores e sudorese. Faz parte do quadro – assim com o das drogas – que o indivíduo, após o ato compulsivo, experimente sensação de culpa. Para diminuir a angústia, volta a comprar e completa o ciclo que tende a se repetir.

O diagnóstico de oniomania não envolve necessariamente a quantidade de dinheiro gasto, mas os prejuízo que esse comportamento ocasiona, bem como as suas causas, geralmente relacionadas com dificuldade de lidar com frustrações e a necessidade de preencher vazios emocionais.

Contudo, a procura por tratamento costuma acontecer somente em quando a falência financeira já está iminente ou já ocorreu. O tratamento, envolvendo psicoterapia e tratamento psiquiátrico, tem como principal objetivo descobrir o que exatamente leva o paciente a dar vazão às angústias por meio da compra, assim como, encontrar o núcleo que compõe essas angústias.

Veja também sobre Compulsão por Jogos.