Por que tantas pessoas sofrem de estresse de fim de ano?

A época das festas de final de ano é um período que, além das próprias reflexões pessoais, existe a sobrecarga no trabalho e na família, e, por isso, o estresse no final do ano pode ser ainda maior. É comum, portanto, que no início de cada ano se faça uma projeção das expectativas e dos projetos que se quer realizar. Ao chegar o final do ano, o balanço desse planejamento pode não ser positivo e, por isso, podem acontecer frustrações que desencadeiam o estresse.

No estresse típico do fim do ano, em alguns casos, alguns indivíduos podem necessitar de um acompanhamento psicológico de modo a reduzir os níveis de ansiedade ou, muito embora não seja o mais recomendado, fazer uso de medicações previamente estabelecidas por um médico psiquiatra.

As mudanças de hábitos são uma alternativa para evitar o estresse. Passar mais tempo com a família, praticar atividades de lazer e de esporte, e cuidar da saúde são atitudes que vão diminuir o nível de estresse ao longo do ano. Dessa forma, quando o final de ano chegar, o indivíduo estará bem consigo mesmo.

Veja entrevista com o psiquiatra Abelardo Ciulla sobre Estresse de Fim de Ano.