“Isso é frescura” e “Você está se fazendo de vítima”, são frases comuns à Psicofobia. Você sabe o que é?

“A Psicofobia é motivo de suicídio no país inteiro. 11 mil e 800 pessoas cometeram suicídio em 2012, por negligência ou ignorância de próximos a um tratamento adequado.”

Psicofobia é o preconceito contra as pessoas que têm transtornos e deficiências mentais. Ao longo da história, doentes mentais foram acusados de bruxaria ou de serem possuídos pelos demônios, ou até mesmo de serem servos do diabo. Nos tempos modernos, quando foram desenvolvidas a psiquiatria e a psicologia, verificou-se que essas pessoas tinham doenças mentais e não demônios ou quaisquer outras explicações acima mencionadas. O preconceito contra os portadores de doenças mentais ainda é muito grande e apenas a informação sobre o assunto pode diminuir o preconceito.

Desse modo, a Psicofobia nada mais é do que tratar algum transtorno ou transtornado mental com negligência. Ou seja, quando se inferioriza uma pessoa dizendo coisas como “isso é frescura”, “você está se fazendo de vítima”, ou quando se diz que alguém é “louco” porque possui um transtorno mental. É preciso se compreender que pessoas com ideias suicidas não estão em busca de atenção, pessoas com depressão não estão tristes, pessoas com ansiedade não são rudes, pessoas com transtorno mental não são loucas. E a Psicofobia só piora todos os tipos de transtornos que existem. A negligência, a ignorância, a solidão, levam a pessoa a um estado muito pior do que o transtorno já a coloca.

O Dia Nacional de Enfrentamento à Psicofobia em 12 de abril, foi instituído pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) em homenagem a data de nascimento de Chico Anysio, patrono da campanha.Em sua última entrevista, concedida ao então presidente da ABP, Antônio Geraldo da Silva, o artista afirmou sofrer de depressão há 24 anos e disse que, se não fosse o tratamento psiquiátrico, não teria produzido nem 20% do que produziu em sua carreira.

“O uso de antidepressivos mudou a minha vida para melhor, acertou a minha vida. A psiquiatria no meu caso é uma coisa vital, como o ar que eu respiro”, afirmou o humorista à época. “Ir ao psiquiatra não significa que ele é doente. Não tem nada a ver uma coisa com a outra. A depressão é uma coisa, a loucura é outra completamente diferente, com tratamentos diferentes”, declarou o humorista.

A Psicofobia é motivo de suicídio no país inteiro. 11 mil e 800 pessoas cometeram suicídio em 2012, por negligência ou ignorância de próximos a um tratamento adequado.

Conheça o trabalho de conscientização da Associação Brasileira de Psiquiatria

Fontes: ABP e Wikipedia