Transtorno Dismórfico Corporal traz sérios prejuízos

O que caracteriza este transtorno é a constante preocupação ou insatisfação com características sutis e, por vezes, inexistentes na aparência do indivíduo. O paciente tende, portanto, a examinar constantemente o corpo, seja diante de um espelho ou não, causando forte angústia.

É comum, também, que o paciente se compare constantemente a outras pessoas, aumentando ainda mais a angústia do indivíduo. O transtorno dismórfico corporal, além de angústia, pode trazer sérios prejuízos à capacidade funcional, levando a ser fundamental o acompanhamento psiquiátrico.