Você sabe o que é vigorexia?

A preocupação em excesso com o físico e a visão distorcida da autoimagem atinge mulheres e homens. O transtorno dismórfico muscular, conhecido também como vigorexia, caracteriza-se pela prática exagerada de exercícios físicos em busca de um corpo perfeito. A vigorexia se assemelha a anorexia nervosa já que ambos são transtornos de imagem vinculados aos valores da sociedade moderna, onde, geralmente no imaginário das mulheres está a ideia da magreza como sinônimo de beleza e, para os homens, os músculos bem definidos.

Os vigoréxicos, principalmente homens entre 18 e 35 anos, têm por hábito passar muitas horas na academia praticando exercícios físicos. Passam também a modificar a alimentação, passando a consumir muita proteína e, em certos casos, anabolizantes e esteroides sem orientação médica. Os sintomas mais característicos do transtorno envolvem ansiedade, depressão, insônia, queda no desempenho sexual e desinteresse por atividades que não estejam relacionadas ao treinamento funcional do corpo. Não raro, o indivíduo se afasta de familiares ou amigos, focando totalmente sua atenção nos exercícios.

É um transtorno de difícil tratamento, visto que indivíduos que sofrem de vigorexia raramente admitem sua condição. Além da ajuda de nutricionistas e de preparadores físicos, o indivíduo vítima de vigorexia deve buscar tratamento psicológico e, muitas vezes, psiquiátrico. A terapia ajudará a identificar as razões do comportamento e a restabelecer a autoconfiança.

Veja também sobre o Transtorno de Imagem.